• Cliniprev

Como surgiu o Setembro Amarelo?

Ao contrário do que muitos pensam, a campanha Setembro Amarelo não acontece só no Brasil.


Se trata de um movimento global, criado em 2003 pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em parceria com a Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e que chegou ao nosso país em 2015.


Nossa saúde mental merece atenção especial durante todo o ciclo de vida, mas com os últimos acontecimentos em nossa sociedade — pandemia, isolamento social e as mudanças repentinas e expressivas em nossos relacionamentos — esse cuidado merece ser redobrado.


Por isso, continue a leitura e saiba mais sobre a campanha.

Campanha Setembro amarelo - Agir salva vidas

Quem criou a campanha Setembro Amarelo no Brasil?


A campanha Setembro Amarelo foi trazida para o Brasil em 2015 pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), uma associação sem fins lucrativos criada em 1962.


O CVV presta um serviço voluntário e gratuito a todos os brasileiros, que podem ligar para o número 188 ou ir até um posto de atendimento presencial e receber apoio emocional e de prevenção ao suicídio gratuitamente.


Funciona 24 horas e garante o mais absoluto anonimato e sigilo para quem precisa conversar.


Como o dia 10 de setembro é o Dia Internacional de Prevenção do Suicídio, o mês foi escolhido para reforçar as campanhas de conscientização.


Por que escolheram o amarelo para representar a campanha?


Não é só a campanha de Prevenção ao Suicídio que é uma iniciativa mundial. A cor amarela também é utilizada na campanha por todos os países, devido ao falecimento de um jovem cuja paixão era o seu Mustang Amarelo em 1994.


No dia do seu funeral, cartões com fitas amarelas foram distribuídas para os presentes e, posteriormente, os mesmos cartões foram espalhados pela cidade. Eles traziam a seguinte mensagem, acompanhada de um número de telefone:


“Se você está pensando em suicídio, entregue este cartão a alguém e peça ajuda!”.


A iniciativa ganhou repercussão nacional devido à quantidade de ligações recebidas e, posteriormente, se transformou na campanha que conhecemos hoje.


Qual a importância da campanha Setembro Amarelo?


O grande objetivo e importância da campanha Setembro Amarelo é lembrar a sociedade de que a prevenção ao suicídio é um esforço coletivo.


Esse exercício de conscientização envolve quebrar preconceitos, divulgar informações que proporcionam o reconhecimento dos sinais de alerta e como proceder.


A campanha também revisita a importância de pautar nossas ações em sentimentos como empatia e respeito ao próximo, melhorando as relações interpessoais.


Ninguém conhece os conflitos internos do outro. Agir com delicadeza evita, mesmo que involuntariamente, ferir os sentimentos daqueles que estão frágeis.


Cuide do próximo, mas não esqueça de você. Ainda que se sinta bem, cuidar da saúde mental frequentemente é fundamental para saber lidar com situações do cotidiano.


Tem se sentindo para baixo ultimamente e gostaria de conversar com um profissional? Agende sua teleconsulta em Psicologia com a Cliniprev e cuide de você.